Skip to main content

Quanto mais curiosa é uma criança, mais ela aprende. Assim, promover a curiosidade do seu filho é uma das formas mais importantes de ajudá-lo a ser um aprendiz por toda a vida. 

Seja um exemplo: interesse-se pelo mundo à sua volta

Dê uma caminhada lá fora e pergunte-se em voz alta sobre as árvores, o sol, as estrelas. Incentive-o a envolver os sentidos — ouvindo os pássaros, cheirando as flores e escutando uma árvore se mexer —, pois a estimulação sensorial pode ser crucial para o desenvolvimento feliz e saudável do pequeno. Além disso, deixe seu filho vê-lo buscando seus próprios interesses.

Incentive os interesses naturais

As crianças aprendem muito mais por meio das atividades que capturam sua atenção e imaginação. Se elas gostam de música, ouçam sempre, façam e toquem instrumentos e dancem juntos. Se preferem os insetos, dê uma pá e uma rede, ou livros que falem sobre os bichinhos, e leia junto.

Responda às questões de forma simples e de acordo com h3a criança

 

Você responderá a uma questão sobre de onde vêm os bebês de maneira muito diferente quando seu filho tiver 3 ou 13 anos. E, independentemente da idade, sempre pergunte o que ele acha antes de começar a responder.

Se você não tem a resposta, diga

Deixe que seu filho saiba que tudo bem não ter todas as respostas. Isso também oferece uma oportunidade de dar exemplos de como encontrá-las. Vá com ele até a biblioteca, pesquise a questão na internet ou ligue para alguém que possa saber.

Use a biblioteca!

Façam sempre esse passeio juntos. Descubra se há contação de histórias na sua biblioteca. Os livros são janelas para todos os tipos de mundos para satisfazer a mente curiosa. Crianças pequenas, expostas a livros, tornam-se leitores melhores. Deixe que seu filho escolha os seus próprios. Pesquisas demonstram que não importa se as crianças estão lendo histórias sobre foguetes ou em quadrinhos. O principal é que o interesse delas seja capturado e que elas gostem de ler.

Estimule as questões com respostas abertas do seu filho

Essas são questões que não têm resposta certa ou errada e que não podem ser respondidas com apenas uma palavra, como “sim” ou “não”. Por exemplo, pergunte: “o que você acha de...”, “como foi fazer tal coisa...” ou “como foi na escola hoje?”. Esse tipo de pergunta incentiva seu filho a desenvolver suas opiniões e ideias, eles mostram amor e interesse e darão a você uma janela para sua vida interior.

Crie um ambiente interessante

Os bebês passam um quinto das horas que estão acordados focados em olhar fixamente. Eles são curiosos em relação ao que está à sua volta. Fotos na parede e atividades normais da família são naturalmente fascinantes. Dê brinquedos seguros ao bebê e objetos a explorar. Faça um rodízio com o que está guardado para sempre ter “novidade”.

Redirecione, não desestimule

Tente identificar o que está prendendo a atenção do seu pequeno ou qual habilidade ele está tentando conquistar, e crie uma forma segura e aceitável de ele explorar. Por exemplo, se ele está mexendo nas plantas da casa, coloque-as fora de alcance, mas ofereça uma alternativa parecida. Coloque um pouco de terra em um pote plástico para ele brincar e inspecionar. Se ele gosta de jogar água do copo no chão ou na cadeira, coloque-o no chão da cozinha, banheira ou quintal depois de uma refeição para que ele possa explorar e experimentar com água, sem deixá-la maluca. Isso também ensinará a ele habilidades de resolução de problemas e formas aceitáveis e criativas para fazer e conseguir o que quer.

Observação: Os afogamentos são as principais causas da morte de crianças pequenas. Sempre supervisione uma criança que esteja perto da água.

Permita um tempo para atividades livres

Diferentemente de alguns brinquedos criados para serem usados de uma certa maneira, materiais como caixas, blocos, água, areia, vasos, panelas e qualquer material artístico podem ser usados de forma imaginativa. Não diga ao seu filho o que fazer com aquele material, como fazer ou como deve se parecer no final. Deixe que a curiosidade o guie.

Hora da brincadeira com seu bebê

Ajude seu bebê a aprender e crescer por meio da brincadeira.

Logo Baby Center

Computadores, smartphones e tablets podem ser ferramentas importantes para ajudar seu filho a se desenvolver. O BabyCenter® explica como seu filho pode usar as telas do jeito certo.

Voltar ao topo