Skip to main content

Como manter a pele do bebê saudável e hidratada

Além de cuidados como dar um banho rápido e com água morna no bebê, a escolha certa de produtos específicos para bebês faz toda a diferença

Quando se fala em pele de bebê, vem à cabeça uma pele macia, saudável e bem hidratada. Aquela pele perfeita, que os pais adoram acariciar! Mas além de linda, ela tem uma função importante: exercer uma proteção física contra agressões externas e irradiações UV – lembre-se que a pele é o maior órgão do corpo humano.

Os pais devem tomar cuidados diários, com hábitos e produtos específicos para bebês, com o objetivo de evitar que essa barreira seja danificada. Também precisam ficar atentos à aparência da pele dos pequenos. Se surgirem sinais de ressecamento, como descamação, vermelhidão ou coceira, vale a ida ao pediatra ou ao dermatologista e o reforço no uso de hidratantes.

Por mais cuidados que sejam tomados, no entanto, esse problema não é raro. As variações climáticas e os hábitos de higiene brasileiros (banhos diários e quentes, sobretudo no inverno) acabam tornando comum o ressecamento da pele do bebê e necessário o uso de hidratantes.

A escolha dos produtos
O bebê não pode receber qualquer hidratante para prevenir ou tratar o ressecamento, uma vez que sua pele é mais sensível que a dos adultos - e até mesmo que a de crianças mais velhas. Substâncias químicas fortes demais aumentam o risco de sensibilização e de irritação.

Portanto, na hora de comprar um hidratante, a primeira atitude é procurar um que seja suave e formulado especialmente para bebês. Converse com seu pediatra para escolher a marca mais recomendada e certifique-se que ela é hipoalergênica. Depois disso, a escolha deve se basear na necessidade específica de hidratação.

Loções e cremes hidratantes são indicados para o uso no corpo inteiro, para recuperar as substâncias responsáveis por manter a hidratação da pele, que são retiradas com a água morna do banho. Esses produtos são compostos por várias substâncias, entre elas: emolientes para suavizar a pele e deixá-la mais macia (os mais comuns são óleo mineral, óleo vegetal, petrolato e ésteres sintéticos), umectantes que ajudam a manter a pele umedecida (como a glicerina, por exemplo) e conservantes, usados para prevenir a contaminação.

Normalmente, são adicionados fragrância e corante, o que torna o produto mais atraente e estimula a memória do contato materno ou paterno. Pesquisas e estudos do RIFM (The Research Institute for Fragrance Materials) e da IFRA (International Fragrance Association) fornecem as diretrizes regulatórias e de critérios de escolha para as empresas que têm esses produtos no mercado.

Os cremes de barreira são altamente eficazes na área das fraldas – ou seja, genitália e bumbum. Eles hidratam e reduzem o contato da pele do bebê com substâncias irritantes, em especial fezes e urina. São enriquecidos com óxido de zinco e têm tato denso e oleoso.

Já os óleos hidratantes podem ser usados nas áreas de atrito da pele do bebê com tecidos de roupas e fraldas e atuam para hidratar e diminuir esse atrito, minimizando uma fonte de irritação primária.

Além de loções, cremes e óleos
Hábitos e cuidados do dia a dia também ajudam a manter a pele do bebê saudável e hidratada. Saiba quais são e os adote na rotina de sua casa:

  • Sabonetes – Os líquidos, de preferência com pH entre 4,5 e 6,5 e com aditivos hidratantes, são os mais indicados para a pele do bebê. Nos bebês que usam fraldas, dê atenção redobrada à área das fezes e da urina e às dobrinhas próximas.
  • Toalha – Quanto mais macia, melhor. E nada de esfregar a pele do bebê com ela na saída do banho; seque-o passando a tolha gentilmente sobre a delicada pele.
  • Hora do hidratante – O melhor momento para aplicar o produto é logo após o banho, de preferência nos primeiros três minutos depois que o bebê sair da água, pois a absorção da pele será mais eficaz.
  • Ambiente – O ideal é que o bebê esteja sempre em temperatura agradável (em torno de 25°C) e com umidade do ar acima de 65%. Se necessário, lance mão de aquecedores e umidificadores.
Voltar ao topo