Skip to main content

Não existe “idade certa” para começar a aprender a usar o vaso sanitário, pois cada criança é única. O treino para deixar as fraldas só é possível quando seu filho consegue controlar os músculos do bumbum e da bexiga. Esses músculos amadurecem entre os 18 e os 36 meses; então, normalmente é recomendado começar o treinamento depois dos 2 anos de idade.

Escolha o momento certo

Ter um vaso sanitário visível e disponível no banheiro por alguns meses antes do início formal do treinamento pode dar ao seu filho a oportunidade de se acostumar a se sentar nele, mesmo utilizando ocasionalmente. Além do desenvolvimento do controle muscular necessário, outros sinais podem indicar que ele está pronto para começar, como:

  • Sua capacidade de se sentar em um peniquinho e se levantar facilmente.
  • Sua capacidade de dizer quando está com vontade.

Apressar esse treino pode apenas tornar o processo mais longo. Estudos mostram que muitas crianças que começam o treino antes dos 18 meses não estão totalmente prontas aos 4 anos, enquanto aquelas que começam em torno dos 2 anos estão completamente prontas no aniversário de 3 anos.

Como começar

Para começar o treinamento, escolha um peniquinho ou um adaptador de assento para o vaso. Algumas crianças gostam da ideia de ter seu próprio vasinho, outras preferem usar o vaso “dos adultos”, com um adaptador de assento.

Quando achar que a criança está pronta, explique que, sem as fraldas, ela precisará usar o vaso. Pelo fato de muitas fraldas serem criadas para evitar qualquer sensação de umidade, pode ser útil escolher fraldas de treinamento, com uma cobertura especial que faz a criança sentir um pouco de umidade. Preste atenção nos sinais de assaduras. 

Da fralda para a cuequinha ou calcinha

Veja alguns sinais de que seu bebê pode estar pronto para experimentar a cuequinha ou calcinha:

  • Está começando a tentar tirar as fraldas sem a sua ajuda.
  • Está consciente da sua vontade de xixi ou cocô (mesmo usando a fralda) e conta para você.
  • Já viu você e outros membros da família usarem o vaso.
  • Senta e tenta usar o peniquinho, como, por exemplo, antes do banho, à noite.

Quando tiver essas pistas de que seu filho sabe o que se espera dele quando tirar as fraldas, você pode considerar dar o próximo passo. Faça com que isso seja uma ocasião especial, explicando que ele agora vai usar roupas íntimas de crianças “grandonas” e peça que ele ou ela ajude a escolher algumas cuequinhas ou calcinhas.

Entrando na rotina

Você precisará, regularmente, lembrá-lo que ele necessita usar o banheiro. Não sente-o no vaso a menos que ele concorde. Caso contrário, ele não se conectará consigo mesmo. Elogie seus esforços e sucessos e, caso acidentes aconteçam, lembre-o, delicadamente, da função do vaso, troque-o e não faça muito alarde. Reagir negativamente pode fazê-lo se sentir culpado e menos inclinado a tentar de novo.

Treinamento enquanto estiver viajando

É um desafio fazer o treinamento quando se está viajando, mas é possível. Peça que seu filho vá ao banheiro antes de sair de casa e tente identificar localizações de banheiros tão logo chegue aonde estiver indo. Tente manter bons hábitos de higiene mesmo viajando, levando um sabonete líquido suave, como JOHNSON’S® baby. Para viagens mais longas, sem banheiros à vista, você pode considerar usar as fraldas para evitar acidentes.

Finalmente, é bom lembrar que cada criança se desenvolve em um ritmo diferente; por isso, é preciso ter paciência. Se você não se apressar nessa fase e fizer o treinamento no ritmo dele, também vai acabar ensinando ao seu filho que aprender coisas novas é divertido e que ele pode se sentir poderoso. Isso é uma ótima lição de vida. 

Trocando a fralda do bebê

Guia para a mãe de primeira viagem para um ritual que vai se tornar bastante familiar.

Logo Baby Center

No começo, a criança pode ter dificuldades de segurar a bexiga durante a noite. Visite BabyCenter® para saber o que fazer para ajudá-la a acordar com a cama seca.

Mães de todo o mundo confiam em JOHNSON’S® para o cuidado dos seus filhos

Nosso compromisso é trabalhar com mães, profissionais da saúde e cientistas, garantindo que nossos produtos continuem a atingir os mais altos padrões de segurança, qualidade e cuidado.

Voltar ao topo