Skip to main content

Conforme a gestação progride, você passa por mudanças físicas, incluindo dores nas costas, ganho de peso e retenção de líquidos. Sintomas como esses, apesar de desconfortáveis, são normais, e muitas vezes vão embora depois do parto ou com a evolução da gravidez.

Enquanto isso, existem algumas formas de lidar com esses sintomas para que você se sinta melhor durante e depois da gestação.

Ganho de peso

Tente ter em mente que o peso extra é importante para uma gestação saudável e que, eventualmente, será perdido depois de o bebê nascer. Concentre-se em:

  • Fazer refeições saudáveis.
  • Cortar as besteiras e guloseimas.
  • Exercitar-se regularmente (depois de consultar seu médico).

Dor nas costas

Caso tenha dor nas costas, experimente os métodos abaixo para reduzir o desconforto e conseguir dormir bem (com a supervisão do seu médico):

  • Alongamento simples ou ioga para reforçar e alongar os músculos das costas e pernas.
  • Dar a si mesma o luxo de uma massagem para relaxar e soltar os músculos tensos.
  • Tentar dormir de lado, com um travesseiro entre os joelhos dobrados, para dar apoio à lombar.

Tornozelos e pés inchados

Pelo fato de o seu corpo reter mais líquidos durante a gestação, você pode ficar com as pernas, tornozelos e/ou pés inchados (edema), principalmente durante o terceiro trimestre. Para aliviar essa condição:

  • Fique com os pés para cima o máximo que conseguir.
  • Use sapatos confortáveis.
  • Evite se sentar ou ficar de pé por longos períodos.

OBS.: Ligue para o seu médico caso note inchaço repentino nas mãos e rosto. Isso pode sinalizar uma condição perigosa da gestação, chamada pré-eclâmpsia.

Coceira na pele

Não é incomum sentir coceira quando a pele da sua barriga e seios começar a se expandir. Algumas mulheres também reparam que as palmas das mãos e solas dos pés ficam avermelhadas. Além disso, você pode perceber que algumas situações que fazem a pele coçar (como ressecamento, eczema e alergias a alimentos) podem se agravar ainda mais quando você está grávida.

Para reduzir o desconforto, evite tomar banhos muito quentes, utilize sabonete suave e hidratante, sempre que precisar.

Coceira intensa

Coceiras severas durante o segundo ou, mais comumente, terceiro trimestre podem ser um sinal de colestase intra-hepática da gestação, um problema de fígado que afeta até 2% das gestantes e pode significar um perigo ao seu bebê. Entre em contato com seu médico imediatamente, caso acredite ter colestase. Se tiver, ele recomendará os exames indicados para você e o bebê.

Quando consultar o médico: ligue para seu obstetra quando sentir coceira intensa e persistente.

Estrias

Nem todas as mulheres têm estrias. Pelo fato de aparecerem em áreas onde a pele se esticou rapidamente por você ter engordado, o risco pode ser reduzido ao ganhar peso gradualmente, não excedendo a recomendação para o seu biotipo físico.

Caso ganhe estrias, há algumas opções para minimizar a aparência. Algumas pesquisas demonstram que loções tópicas, como o creme de tretinoína, podem ajudar. Entretanto, devem ser aplicadas logo depois do parto (observação: alguns tratamentos tópicos não são seguros para serem utilizados enquanto você está grávida e/ou amamentando. Por isso, consulte o seu médico).

Unhas crescendo mais rápido

Em algum momento, em torno do quarto mês, suas unhas começarão a crescer mais rápido do que o normal. Elas também podem começar a ficar mais amolecidas ou frágeis e desenvolver pequenas ranhuras. Mas devem voltar ao normal dentro de alguns meses.

Mudanças animadoras no corpo

Enquanto a gestação traz muitos desafios fisicamente, há algumas mudanças no seu corpo que você desejaria que durassem mais:

  • Um cabelo mais bonito.
  • Como dizem, você ficará "radiante".
  • Seios mais fartos.

As mudanças do seu corpo

Saiba o que esperar do seu corpo durante a gestação.

Logo Baby Center

Aproveite este cardápio do BabyCenter® para satisfazer seus desejos de forma saudável.

Voltar ao topo